Links de Acesso

Presidente Guebuza exonera governo em Moçambique


Presidente Armando Guebuza na assembleia de voto a 15 de Outubro 2014

Presidente Armando Guebuza na assembleia de voto a 15 de Outubro 2014

Filipe Nyusi toma posse a 15 de Janeiro

O Presidente da República de Moçambique, Armando Emílio Guebuza, exonerou doze membros do Governo, entre os quais o primeiro-ministro Alberto Clementino António Vaquina.

Guebuza, que deixa agora a Presidência da República, após as eleições Gerais de Outubro que elegeram Filipe Nyusi, exonerou também Manuel Chang, do cargo de Ministro das Finanças, Alcinda António de Abreu, do cargo de Ministro para acoordenação da Acção Ambiental, José Condungua António Pacheco, do cargo de Ministro da Agricultura e Esperança Laurinda Francisco Nhiuane Bias, do cargo de Ministro dos Recursos Minerais.

O ministro do Turismo, Carvalho Muária, Vitória Dias Diogo, ministra da Função Pública, Lucília José Manuel Nota Hama, Governadora da Cidade de Maputo, Joaquim Veríssimo, Governador da província da Zambézia, Cidália Manuel Chaúque, Governadora da província de Nampula, Eduardo da Silva Nihia, Conselheiro do Presidente da República e Edson da Graça Francisco Macuácua, Conselheiro do Presidente da República, foram também demitidos.

Estes dirigentes foram eleitos deputados para a Assembleia da República, devendo tomar posse na próxima Segunda-feira, 12.

Filipe Nyusi, da FRELIMO, toma posse a 15 de Janeiro, data limite para que Armando Guebuza, Presidente em cessão de funções demita todo o Governo, dando assim a Nyusi a possibilidade formar o seu próprio Governo.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG