Links de Acesso

Graça Machel chora ao receber bandeira do caixão de Mandela

  • Redacção VOA

Unidos em lágrimas. Graça Machel e Jacob Zuma

Unidos em lágrimas. Graça Machel e Jacob Zuma

Corpo do antigo presidente sul africano chegou à sua terra natal de Qunu onde será sepultado Domingo

O corpo do antigo presidente sul africano Nelson Mandela chegou hoje à aldeia de Qunu na província do Cabo Oriental.

As ruas estavam repletas de gente para saudar o ex-presidente quando o seu corpo foi transportado do aeroporto de Mthatha para a aldeia.

Uma enorme tenda foi montada em Qunu para a cerimónia fúnebre no Domingo.

O enterro será uma cerimónia praticamente reservada á família com apenas poucos convidados.

O Congresso Nacional Africano, ANC, realizou uma cerimónia de homenagem a Mandela na base aérea de Waterkloof antes do seu corpo ter sido transportado de avião para a província do Cabo Oriental.

A viúva de Nelson Mandela, Graça Machel, chorou ao receber a bandeira do Congresso Nacional Africano (CNA) que cobriu o caixão do seu marido durante a cerimónia fúnebre oficial.

Vestida de negro, Graça Machel teve de limpar, por várias vezes, as lágrimas, depois de receber a bandeira com as cores da África do Sul das mãos do Presidente sul-africano, Jacob Zuma.

Durante a cerimónia, Machel ouviu atenta os discursos, sentada na primeira fila, junto a Jacob Zuma e à ex-mulher do antigo Presidente sul-africano Winnie Madikizela-Mandela.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG