Links de Acesso

Grã-Bretanha promete 1,7 mil milhões de dólares em ajuda humanitária aos sírios


David Cameron

David Cameron

O governo britânico prometeu, hoje, 1,74 mil milhões de dólares em ajuda humanitária suplementar para as vítimas do conflito sírio.

O primeiro-ministro, David Cameron, é citado a afirmar que "é preciso mais dinheiro para responder a esta crise, e é preciso agora".

O montante duplica os anteriores concedidos por Londres e estará disponível entre 2016 e 2020.

Mais de quatro milhões de sírios fugiram para países vizinhos - Líbano, Jordânia, Turquia, Iraque e Egipto - e milhares foram à Europa.

Cameron propõe "a criação de empregos" nos países vizinhos da Síria, o que "pode transformar a região e constituir um novo modelo para a ajuda humanitária".

XS
SM
MD
LG