Links de Acesso

Grã-Bretanha não tem intenção de revogar Artigo 50, diz porta-voz de May


Cópia do Artigo 50

Cópia do Artigo 50

O governo britânico não tem intenção de revogar a sua saída da União Europeia assim que o processo formal de saída for accionado, disse hoje o porta-voz da primeira-ministra britânica, Theresa May.

A Reuters reporta que May tem planos de accionar o Artigo 50 do Tratado de Lisboa da União Europeia (UE) até o final de março, dando início a até dois anos de conversações sobre a saída.

Advogados do governo disseram que, assim que iniciado, o processo é irrevogável, mas alguns líderes da UE dizem que o Reino Unido pode mudar de opinião e um desafio legal para determinar possibilidade de reversão foi preenchido num tribunal irlandês.

"Não temos intenção de revogar o Artigo 50", disse o porta-voz à imprensa.

E acrescentou: "O povo britânico foi bem claro que quer a saída da União Europeia. O Artigo 50 é o mecanismo pelo qual iniciamos o processo, então este governo tem muito claro que iremos entregar o resultado do referendo."

XS
SM
MD
LG