Links de Acesso

Governo são-tomense fecha fronteiras a pessoas de países afectados pelo ébola

  • VOA Português

A medida integra um plano de contingência aprovada pelo Conselho de Ministros que restringe também importações do continente.

O Governo de São Tomé e Príncipe proibiu a entrada e saída de pessoas e bens, incluindo cidadãos estrangeiros de países afectados por casos de Ébola.

Segundo o comunicado do Governo a decisão foi tomada pelo Conselho de Ministros ontem, 28, e é uma medida "preventiva face à propagação do vírus do ébola em vários países do continente".

O Executivo de Gabriel Costa aprovou também um plano de contingência contra o ébola elaborado pelo Ministério da Saúde.

Uma das medidas define que as embaixadas são-tomenses nesses países ou que fazem ligação com esses países devem “proceder de conformidade, quando solicitados vistos para São Tomé e Príncipe".

O plano vai ainda aumentar as restrições nos aeroportos e limitar algumas importações do continente, como roupas e carnes e promover uma intensa campanha de informação através da imprensa.

XS
SM
MD
LG