Links de Acesso

Governo e Renamo preparam corredor de segurança para ida de mediadores a Gorongosa


Renamo Gorongosa Moçambique

Renamo Gorongosa Moçambique

As delegações do governo e da Renamo nas negociações para a paz efectiva em Moçambique, deverão apresentar nesta quarta-feira, as propostas de garantias necessárias para a abertura de um corredor de segurança que materialize um encontro entre Afonso Dhlakama e o grupo de mediadores internacionais que assiste o processo.

O encontro foi solicitado pela equipa de Mediação que quer dicutir, pessoalmente, com o líder da Renamo, a questão do cessar-fogo no país.

“Existe a ideia de, tecnicamente, um grupo de trabalho estudar e apresentar propostas que satisfaçam a deslocação e a segurança dos mediadores. Há uma reflexão a fazer, de ambas as partes, para trazer, eventualmente, propostas concretas na próxima reunião”, disse o chefe da delegação do governo na comissão mista, no final de mais uma sessão do diálogo político.

O encontro ainda não tem data mas o local deverá ser na região de Gorongosa, onde se encontra o líder da Renamo.

Na sessão desta segunda-feira, que durou noite a dentro, as duas delegações analisaram também a questão da governação das seis províncias reivindicadas pela Renamo.

Sobre esta matéria, há um acordo de que deverá ser o parlamento nacional a discutir, cabendo a comissão mista elaborar a proposta, que já tem alguns pontos sugeridos pela equipa de mediação.

“Depois de terem trabalhado com as duas delegações separadamente, apresentaram (os mediadores) uma proposta que foi apreciada na sessão plenária e as contribuições levaram a introdução de algumas emendas ao conteúdo do texto e neste momento cada delegação vai pensar, reflectir e fazer as consultas que achar útil fazer, para na próxima sessão se examinar de novo esse ponto de agenda que diz respeito a governação nas seis províncias” disse Veloso.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG