Links de Acesso

Governo moçambicano toma posse

  • VOA Português

Executivo é menor que o anterior e é liderado pelo antigo embaixador Carlos Agostinho do Rosário

O presidente da República de Moçambique Filipe Nyusi empossa hoje, 19, os membros do Governo saído das eleições de Outubro de 2014.

O novo executivo é composto por um primeiro-ministro, Carlos Agostinho do Rosário, 22 ministros e 17 vice-ministros.

Além de novos nomes que o corporizam, o Governo de Nyusi apresenta uma estrutura ministerial menor o anterior. No total, são 22 ministérios, menos sete que os que integravam o Executivo de Armando Guebuza e resultam da fusão de uns e extinção de outros.

Dos rostos do Governo a ser hoje empossado, oito transitam do Executivo anterior. Entre eles, incluem-se antigos vice-ministros que ascenderam a ministros, nomeadamente Alberto Nkutumula, ex-vice-ministro da Justiça e que agora passa a dirigir o sector da Juventude e Desportos, e Abduremane Lino, antigo “vice” da Função Pública e que vai dirigir o pelouro da Justiça, Assuntos Constitucionais e Religiosos.

Novo Governo:

Primeiro-ministro: Carlos Agostinho do Rosário

Ministro da Economia e Finanças, Adriano Maleiane

Ministro dos Negócios Estrangeiros e Cooperação, Oldemiro Balói

Ministro do Interior, Jaime Basílio Monteiro

Ministro da Defesa Nacional, Atanásio Salvador Ntumuke

Ministro da Agricultura e Segurança Alimentar, José Pacheco,

Ministra da Administração Estatal e Função Pública, Carmelita Rita Namashulua

Ministra do Trabalho, Emprego e Segurança Social, Vitória Dias Diogo

Ministra na Presidência para os Assuntos da Casa Civil, Adelaide Anchia Amurane,

Ministro do Mar, Águas Interiores e Pescas, Agostinho Salvador Mondlane

Ministro dos Recursos Minerais e Energia, Pedro Conceição Couto

Ministro da Justiça, Assuntos Constitucionais e Religiosos, Abdurremane Lino de Almeida

Ministra da Saúde, Nazira Karimo Vali Abdula

Ministro da Juventude e Desportos, Alberto Nkutumula

Ministra do Género, Criança e Acção Social, Cidália Manuel Chaúque Oliveira

Ministro da Educação e Desenvolvimento Humano, Luís António Ferrão

Ministro de Indústria e Comércio, Ernesto Max Elias Tonela

Ministro dos Transportes e Comunicações, Carlos Alberto Fortes Mesquita

Ministro da Terra, Ambiente e Desenvolvimento Rural, Celso Correia

Ministro da Cultura e Turismo, Silva Armando Dunduro

Ministro dos Combatentes, Eusébio Lambo Gumbiwa

Ministro da Ciência e Tecnologia, Ensino Superior e Técnico Profissional, Jorge Penicela Nhambiu

Ministro das Obras Públicas, Habitação e Recursos Hídricos, Carlos Bonete Martinho

Em outros despachos separados, o Chefe de Estado moçambicano nomeou os seguintes Vice-Ministros:

Vice-Ministra da Economia e Finanças, Amélia Tomás Taime Nakhare

Vice-Ministra dos Negócios Estrangeiros e Cooperação, Nyeleti Brooke Mondlane

Vice-Ministra do Interior, José dos Santos Coimbra

Vice-Ministro da Defesa Nacional, Patrício José

Vice-Ministra da Ciência e Tecnologia, Ensino Superior e Técnico Profissional, Leda Hugo

Vice-Ministra dos Transportes e Comunicações, Manuela Joaquim Rebelo

Vice-Ministra da Cultura e Turismo, Ana Comoana

Vice-Ministro da Justiça, Assuntos Constitucionais e Religiosos, Joaquim Veríssimo

Vice-Ministro da Educação e Desenvolvimento Humano, Armindo Saul Atelela Ngunga

Vice-Ministra dos Combatentes, Maria de Fátima Mwanza Pelembe

Vice-Ministro da Terra, Ambiente e Desenvolvimento Rural, Ana Ismael Senda Coani

Vice-Ministro de Indústria e Comércio, Omar Mithá

Vice-Ministro da Saúde, Mouzinho Saíde

Vice-Ministro do Género, Criança e Acção Social, Lucas Mangrasse

Vice-Ministro de Administração Estatal e Função Pública, Roque Silva Samuel

Vice-Ministro das Obras Públicas, Habitação e Recursos Hídricos, João Osvaldo Moisés Machatine

Vice-Ministro do Trabalho, Emprego e Segurança Social, Oswaldo Petersburgo

Vice-Ministra da Juventude e Desportos, Ana Flávia João de Azinheira

XS
SM
MD
LG