Links de Acesso

Governo de Malanje define prioridades para 2017

  • Isaías Soares

Norberto Fernandes dos Santos, governador de Malanke

Norberto Fernandes dos Santos, governador de Malanke

Energia, água e educação são as áreas que mais exigem recursos.

A província de Malange vai investir nos sectores energia e águas, educação, saúde, habitação, reabilitação das vias de comunicação, criança, juventude, desporto, assistência e Reinserção Social.

Para o efeito, a província vai usar a fatia do Orçamento Geral do Estado (OGE) já aprovada no falo de pouco mais de 35 mil milhões de kwanzas.

O sector da energia e águas, de acordo com o director provincial, Jacinto Caculo, vai continuar no próximo ano o processo de electrificação dos bairros da cidade de Malanje e as sedes municipais a partir de grupos geradores.

“O Executivo aprovou recentemente um programa de subsidiação de combustível para as sedes municipais visando melhorar o fornecimento de energia, e nós estamos a trabalhar para que o município de Cangandala possa se beneficiar já de combustível a partir da Sonangol”, referiu Caculo, explicando que “esta quantidade será suficiente ara assegurar o fornecimento de energia durante a quadra festiva”.

O OGE vai permitir dar continuidade aos projectos enquadrados no Programa Municipal Integrado de Desenvolvimento Rural e Combate a Pobreza (PMIDRCP), o de maior inclusão social em Angola.

A melhoria da oferta de água potável e da rede escolar são as prioridades do administrador municipal de Cacuso, Caetano da Rita Tinta, que vai reajustar o plano de acção para o próximo ano económico.

“Nós estamos a ver com grande preocupação a questão da água, temos estado a receber muitas reclamações e também em função do trabalho de diagnóstico que fizemos ao nível do município, a verdade estamos muito preocupado com a água, existem localidades que ainda precisam de um certa atenção de nossa parte”, justificou.

Caetano indicou também a melhor de escolas.

XS
SM
MD
LG