Links de Acesso

Governo do Uíge esconde-se da UNITA

  • Redacção VOA

Ernesto Mulato, vice presidente da UNITA

Ernesto Mulato, vice presidente da UNITA

Ernesto Mulato acusa governo provincial de desculpas para evitar visita de fiscalização do seu partido

Uma delegação parlamentar da UNITA terá sido impedida de visitar instituições públicas da província do Uíge, sob a alegação de falta de condições para o efeito.




Em declarações à Voz da América, o deputado Ernesto Mulato disse que as autoridades do Uíge tudo fizeram para que as visitas programadas não fossem efectivadas mas prometeu que a delegação parlamentar volta àquela província cafeícola angolana nos próximos tempos.

Ernesto Mulato criticou de forma dura a atitude do governo do Uíge, mas enfatizou que se o executivo de Paulo Pombolo agiu desta forma é sinal de que tinha algo a esconder.

“Os deputados da UNITA não precisam dos almoços ou dos carros do governador”, afirmou.

Mulato disse que as tentativas de visitar áreas e instituições da província foram goradas com a desculpada que as autoridades competentes não se encontravam no local ou porque não havia condições para as visitas.

Par ao vice presidente da UNITA as tentativas de se evitar a visita só podem ser o resultado de querer “esconder algo” que pode ser o resultado das autoridades “gastarem mais tempo em actividades partidárias do que a governar”.

A bancada parlamentar da UNITA realizou nos últimos três meses visitas de controlo e fiscalização da actividade governativa no interior do país.

O seu líder Isaías Samakuva deverá visitar a província de Cabinda a partir do próximo fim de semana depois de ter estado na região leste de Angola.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG