Links de Acesso

Governo de Moçambique contente com posição da Renamo sobre desarmamento

  • Simião Pongoane

Paz em Moçambique

Paz em Moçambique

O diálogo entre Governo e a Renamo tem estado a registar progressos nos últimos tempos, mas a dúvida mantém-se sobre a possibilidade ou não do líder opositor Afonso Dhlakama se recensear.

O Governo moçambicano está satisfeito com o "volte face" da Renamo no diálogo politico, depois de ter exigido paridade nos cargos de «chefias das Forças Armadas de Defesa e Segurança.

Segundo o chefe-adjunto da equipa negocial do Governo, Gabriel Muthisse, a Renamo aceita integrar os seus homens armados nas forças governamentais e entregar o seu material bélico.

Mas a Renamo não disse claramente se vai ou não integrar os seus homens segundo a percepção do Governo.

Saimone Macuiane, chefe da equipa da Renamo, apenas disse que se tudo correr bem, as duas partes poderão terminar na segunda-feira a discussão dos termos de referência para a vinda dos peritos militares estrangeiros a Moçambique.

O diálogo entre Governo e a Renamo tem estado a registar progressos nos últimos tempos, mas a sociedade continua confusa sobre o paradeiro do líder da Renamo, Afonso Dhlakama, tendo em conta que o recenseamento eleitoral termina a 29 deste mês.

Dhlakama vai participar nas eleições como candidato do seu partido, mas para isso deve se recensear.

Hoje o Secretariado Técnico da Administração eleitoral disse que já atingiu 62 por cento dos potenciais eleitores, chegando a nove milhões e 144 mil, para as eleições gerais de Outubro próximo.
XS
SM
MD
LG