Links de Acesso

Governo de Israel não cede ante pressão dos imigrantes africanos

  • Redacção VOA

Refugiados africanos num dos centros de acolhimento erguido pelo govero em Telaviv

Refugiados africanos num dos centros de acolhimento erguido pelo govero em Telaviv

Os imigrantes dizem ser refugiados políticos enquanto o Governo reitera que são imigrantes económicos, ou seja à procura de trabalho.

Em Israel, os imigrantes africanos continuam nas ruas a pedir a suspensão das deportações que, a acontecerem, poderão ter lugar a partir dos primeiros dias de Fevereiro.

Ontem milhares de africanos manifestaram-se pelo quarto dia consecutivo, agora em Jerusalém, em frente à sede do parlamento, o Knesset, contra a nova lei da imigração.

Os imigrantes dizem ser refugiados políticos enquanto o Governo reitera que são imigrantes económicos, ou seja à procura de trabalho.

Para conhecer melhor este problema que ameaça aumentar de intensidade, falámos com o correspondente da Voz da América em Israel Scott Bobb, que começou por falar sobre a situação actual dos imigrantes.

XS
SM
MD
LG