Links de Acesso

Governador do Uíge acusado de proibir venda de jornal com críticas à Educação


Educação faz manchete do jornal Liberdade

A denúncia é do representante do jornal na província que revela prisão de um ardina

O ardina Daniel Fernando Ndala foi detido na quinta-feira, 12, por dois agentes do Serviço de Investigação Criminal (SIC), quando vendia na cidade do Uíge o jornal Liberdade, cuja circulação foi proibida pelo governador Paulo Pombolo, segundo o representante da publicação na província.

A edição 28 do jornal Liberdade trazia estampada na capa denúncias de corrupção no sector da Educação.

“Governantes desviam milhões de kwanzas em nome de professores fantasmas”, é o título da capa, ilustrado com as caras do governador provincial do Uíge Paulo Pombolo, do ministro da Educação Pinda Simão e do director provincial da Educação Manuel Nzangala.

“O governador orientou que o jornal não fosse vendido no Uíge, o que demostra clara violação do artigo 44º da constituição que fala sobre a liberdade de imprensa,” disse à VOA Olavo Feiteira Castigo, que acusou ainda o governador provincial do Uíge de intentar uma medida de coacção.

Castigo alertou que, apesar do bloqueio do jornal por parte do Governo provincial, não vai cancelar a venda do jornal.

O ardina Daniel Fernando Ndala continua detido mas a VOA soube junto do SIC que ele deverá ser libertado em breve.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG