Links de Acesso

Governador do Kwanza Sul visita 10 comunas e ouve muitas reclamações

  • Fernando Caetano

Eusébio de Brito Teixeira

Eusébio de Brito Teixeira

Populações pedem mais investimentos na educação, saúde e estradas.

O governador do Kwanza Sul Eusébio de Brito Teixeira terminou recentemente uma visita de 10 dias ao interior da província, onde se inteirou dos principais problemas das 10 comunas visitadas.

Mais escolas, postos e centros de saúde, sistemas de abastecimento de água potável, energia eléctrica, estradas secundárias e terciárias, material desportivo e sistemas de telecomunicações foram, entre outras, as questões que mais afligem as populações e manifestadas por elas durante a visita do governador.

Em Amboiva, a população clama de igual modo por uma maternidade para a realização de partos.

Na Pambangala, Sanga, Cariango, Lonhe, São Lucas, Kienha, Kissongo, Suambanda e Cassanje as necessidades da população passam pela reabilitação das estradas, construção de mais escolas e centros de saúde, revitalização das cooperativas de produção agrícola, rede de telefonia móvel e muito mais, segundo disse à VOA Moisés Baptista.

«As vias Mussende Kibala e Musende Calussinga devem ser reparadas porque constituem uma situação que tem dificultado a livre circulação de pessoas e produtos”, explicou.

“Necessitamos de mais escolas e professores para pôr cobro à existência de alunos fora do sistema de ensino especialmente nesta comuna de São Lucas. O aumento de mais postos de saúde e enfermeiros para a expansão da rede sanitária para todos cantos do município», acrescentou aquele cidadão.

Apesar da enorme lista de necessidades e críticas, o governador reiterou ter isso fazer ido mesmo, auscultar as populações:

«Tenho estado sempre a vir, auscultar, sentir as vossas preocupações e hoje estamos aqui uma vez mais e ouvimos os dirigentes do município, ouvimos os dirigentes da comuna, algumas preocupações que tinhamos levado no passado fomos dando solução, como a questão do hospital, fizemos o hospital, o centro hospitalar de São Lucas, pediram-nos a antena da Unitel e antena hoje está montada há cerca de 15 dias e hoje já se fala para todo o mundo a partir de São Lucas», congratulou-se

Refira-se que em Cela, onde será construída a centralidade habitacional e criado um espaço para loteamento de terrenos para a população, Teixeira apelou aos empreiteiros a serem mais responsáveis e idóneos na execução dos projectos.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG