Links de Acesso

Governador do Cunene acusado de ameacar conhecido padre católico

  • Armando Chicoca

Padre Pio Wacussanga

Padre Pio Wacussanga

Kundia Paihama recusa-se a comentar

O governador da província do Cunene, Kundi Paihama, é acusado de ter ameaçado agredir um dos mais conhecidos párocos angolanos, Pio Wakussunga.

A ameaça terá sido feita na sexta-feira, 4, durante uma reunião com representantes de todos os partidos políticos com assento no parlamento para se discutir a harmonia entre eles.

Wakussunga e Organizações Não-Governamentais (ONGs) têm estado envolvidos na defesa de pessoas que perderam as suas terras a favor de projectos agrícolas.

O secretário provincial da UNITA, Lázaro Kacunya, disse ter presenciado por várias vezes o governador a ameaçar o Padre Wakussunga de “porrada” e de o “partir ao meio”, por este alegadamente se intrometer nos seus negócios agrícolas.

O General Kundy Paihama recusou-se a comentar afirmando que não fala á VOA.

O director executivo da Associação Construindo Comunidade, Domingos Fingo, uma das ONGs que, no sul de Angola defende os direitos humanos, disse á VOA que não temem e estão prontos a entregar as suas vidas pelos angolanos sofredores.

XS
SM
MD
LG