Links de Acesso

Governador de Benguela vaiado por vítimas das enxurradas


Isaac dos Anjos

Isaac dos Anjos

Polícia de choque entrou em confrontos com manifestantes.

João Marcos

O governador de Benguela foi vaiado ontem, 29, por populares que tentavam abrir caminhos para salvar as suas casas das inundações provocadas por diques que se encontram nas margens do rio Cavaco.

Momentos após o alarido de ontem, quando a Polícia carregou sobre moradores de vários bairros afectados pelas cheias, Isaac dos Anjos foi vaiado pela população e houve mesmo quem optasse por ovacionar a Unita.

A policia fez uso de gás lacrimogéneo para tentar dispersar as pessoas.

O Governo acabaria por legitimar os protestos ao enviar meios para quebrar a parte do dique que impede o curso das águas, mas não sem antes ter observado o alvoroço que agitou a cidade de Benguela.

O director das Obras Públicas António Rego disse que o momento não era para encontrar culpados, limitando-se a garantir um trabalho correccional, sob olhar de técnicos da Odebrecht, a construtora que levou a cabo o programa dos rios.

Rego afirmou que as chuvas tinham sido muito acima daquilo que havia sido previsto e daí as inundações.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG