Links de Acesso

Gâmbia pretende continuar no Tribunal Penal Internacional, diz novo presidente

  • VOA Português

Adama Barrow

Barrow diz que já mandou a carta de intenção a Guterres.

O novo do governo da Gâmbia informou às Nações Unidas que pretende continuar no Tribunal Penal Internacional (TPI), reportou a imprensa local.

A Reuters reporta que o Presidente Adama Barrow disse na televisão do seu país que uma carta foi enviada ao Secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, manifestando a intenção.

A decisão do executivo de Barrow anula a do seu antecessor Yahya jammeh, ora exilado na Guiné-Equatorial.

Jammeh anunciara em Outubro a intenção de retirar a Gâmbia do TPI alegando que a entidade ignora crimes de guerra nas nações ocidentais e procura apenas processa africanos.

Durante a campanha, Barrow fez promessas de restaurar os direitos humanos e refazer a imagem internacional do país.

XS
SM
MD
LG