Links de Acesso

Gâmbia: Presos políticos transferidos para local desconhecido, diz a oposição


Ousainou Darbo, líder da oposição.

Um número não especificicado de prisioneiros politicos foi tranferido para um local desconhecido pelo governo da Gâmbia, disse, hoje, 15, o Partido Democrático Unido (UDP).

Trinta e oito membros da oposição, incluindo o líder do UDP, Ousainou Darbo, foram detidos, no mês passado e acusados de conspiração, após protestarem a morte nas mãos das autoridades de Solo Sandeng, membro do UDP, e exigir reformas políticas.

Karamba Touray, membro do UDP na diáspora disse que o seu partido coloca a responsabilidade de garantir a segurança dos prisioneiros ao governo da Gâmbia.

Os Estados Unidos condenaram a reacção do governo gambiano nas referidas manifestações pacíficas.

O Secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon e a Amnistia Internacional pediram uma investigação sobre a morte de Sandeng.

Mas o Presidente da Gâmbia Yahiya Jammeh disse à revista Jeune Afrique que ninguém deverá lhe dizer o que fazer no seu país. Disse não haver razão de fazer uma investigação por causa da morte de uma pessoa.

XS
SM
MD
LG