Links de Acesso

Gâmbia: Presos políticos transferidos para local desconhecido, diz a oposição


Ousainou Darbo, líder da oposição.

Ousainou Darbo, líder da oposição.

Um número não especificicado de prisioneiros politicos foi tranferido para um local desconhecido pelo governo da Gâmbia, disse, hoje, 15, o Partido Democrático Unido (UDP).

Trinta e oito membros da oposição, incluindo o líder do UDP, Ousainou Darbo, foram detidos, no mês passado e acusados de conspiração, após protestarem a morte nas mãos das autoridades de Solo Sandeng, membro do UDP, e exigir reformas políticas.

Karamba Touray, membro do UDP na diáspora disse que o seu partido coloca a responsabilidade de garantir a segurança dos prisioneiros ao governo da Gâmbia.

Os Estados Unidos condenaram a reacção do governo gambiano nas referidas manifestações pacíficas.

O Secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon e a Amnistia Internacional pediram uma investigação sobre a morte de Sandeng.

Mas o Presidente da Gâmbia Yahiya Jammeh disse à revista Jeune Afrique que ninguém deverá lhe dizer o que fazer no seu país. Disse não haver razão de fazer uma investigação por causa da morte de uma pessoa.

XS
SM
MD
LG