Links de Acesso

Furacão Fred atinge Cabo Verde, esperam-se ventos de 180km/hr


Os ventos com força de furacão estendem-se por um perímetro de até 30 quilómetros.

O arquipélago de Cabo Verde esta a ser açoitado desde as primeiras horas desta Segunda-feira, 31, pelo furacão de categoria 1, Fred.

A primeira ilha a ser atingida foi a de Santiago, onde algumas estradas foram afectadas, interrompendo a circulação por momentos. Registou-se também muita chuva.

As ilhas mais a Este, Boavista e Sal, também estiveram sobre forte influência de rajadas de vento e inundações na costa. Algumas árvores também foram destruídas e as autoridades pensam evacuar algumas pessoas.

A previsão do Centro Nacional de Furações, dos Estados Unidos, emitida às 11 horas locais de hoje (14 horas em Cabo Verde) indica um movimento do Fred em direcção a noroeste do arquipélago.

A velocidade máxima dos ventos aumentou para 140 quilómetros por hora, mas podem registar-se rajadas pontuais mais intensas.

Durante a noite não se espera muita mudança na intensidade do furacão, que começará a enfraquecer-se na manhã de Terça-feira. Não são esperadas alterações significativas na sua intensidade.

Os ventos com força de furacão estendem-se por um perímetro de até 30 quilómetros.

Durante a noite, a região noroeste (São Nicolau, São Vicente e Santo Antão) deverá ser açoitada por fortes ventos, que podem chegar a 180 quilómetros.


Aguardam-se também inundações nas costas, com ondas grandes e perigosas.

Quanto a chuvas, o Centro Nacional de Furações dos Estados Unidos diz que o Fred pode provocar acumulações de 12 a 16 centímetros de água.

Pode haver deslizamentos de terra.

XS
SM
MD
LG