Links de Acesso

Funeral de Fidel Castro durará nove dias

  • Redacção VOA

Mulher chora a morte de Fidel Castro numa praça de Santiago do Chile.

Mulher chora a morte de Fidel Castro numa praça de Santiago do Chile.

As cinzas do Comandante percorrerão 13 das 15 províncias e serão enterradas no cemitério de Santiago de Cuba.

O Governo cubano decretou nove dias de luto para se despedir do Comandante Fidel Castro.

As cinzas do líder da Revolução Cubana percorrerão a ilha antes de chegar ao seu destino final, o maior cemitério de Santiago de Cuba, a 4 de Dezembro.

As cinzas ficarão expostas na segunda, 28, e na terça-feira, 29, no memorial José Martí, na Praça da Revolução, em Havana, onde a população prestará a sua homenagem, de acordo com o comunicado oficial.

Na mesma terça-feira, dia 29, às 19 horas, Havana despedirá o histórico dirigente com um acto multitudinário na Praça da Revolução, onde Fidel fez muito dos seus famosos e longos discursos.

No dia seguinte, começará uma peregrinação com as cinzas, entre 30 de Novembro e 3 de Dezembro, que percorrerá 13 das 15 províncias da ilha.

Os restos mortais do líder viajarão de estrada no sentido contrário ao da "Caravana da Liberdade", a mesma que levou um Fidel triunfante de Santiago de Cuba até Havana em 1959, quando depôs a ditadura de Fulgêncio Batista.

O sepultamento ocorrerá no dia 4 de Dezembro às 7 horas locais.

A comissão encarregada dos funerais anunciou, ainda, ter adiado uma revista militar prevista para 2 de Dezembro.

O acto pelo 60º aniversário de desembarque de Fidel no iate Granma, de onde lançou a campanha contra Fulgêncio Batista, será realizado apenas a 2 de Janeiro de 2017.

Opiniões díspares

A morte de Fidel Castro era esperada desde que deixou o poder por motivos de saúde em 2006.

Visto como um grande líder revolucionário por uns e como ditador implacável por outros, Fidel foi saindo de cena progressivamente ao longo da última década, morando num lugar não divulgado e com aparições esporádicas nos últimos anos.

As últimas imagens de Fidel Castro são do dia 15 de Novembro, quando recebeu n sua residência o presidente do Vietname, Tran Dai Quang.

Antes, ele fora visto no dia 13 de Agosto, na comemoração de seu 90º aniversário.

Na época, Fidel apresentou um semblante frágil.

Em Abril passado, durante o XVII Congresso do Partido Comunista de Cuba, Fidel Castro reapareceu e fez um discurso que soou como uma despedida, onde reafirmou a força das ideias dos comunistas.

"A hora de todo mundo vai chegar, mas ficarão as ideias dos comunistas cubanos, como prova de que neste planeta se trabalha com fervor e dignidade, é possível produzir os bens materiais e culturais que os seres humanos necessitam, e devemos lutar sem descanso para isso", afirmou na ocasião.

Desde que ficou doente e cedeu o poder ao seu irmão Raúl Castro, o líder cubano se dedicou a escrever artigos, assim como livros sobre a sua luta na Sierra Maestra e a receber personalidades internacionais na sua residência, no oeste de Havana.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG