Links de Acesso

Fundo Soberano de Angola revela investimentos, com Europa à cabeça.

  • Redacção VOA

José Filomeno dos Santos, presidente do Fundo Soberano de Angola

Investimentos estão distribuídos por vários continentes, com 34 por cento na África Subsaariana.

O Fundo Soberano de Angola deu a conhecer pormenores dos seus investimentos na sequência de uma auditoria independente levada a cabo pela companhia Deloitte & Touche e que revelam que o Fundo possuía um activo total de 4.880 milhões de dólares no final de 2014.

O Fundo foi criado para promover o crescimento e desenvolvimento do país a partir dos lucros do petróleo.

No final de 2014, os activos de renda fixa correspondiam a 2.700 milhões de dólares, ou seja 56 por cento da carteira de investimentos, enquanto os fundos investidos em interesses de companhias privadas, (Private Equity) ascendiam a 34 por cento dos investimentos.

A maior parte dos investimentos está na Europa (37%), seguido da África subsaariana (34%), América do Norte (18%) e resto do mundo (11%).

A instituição criou vários fundos de investimentos, nomeadamente de infra-estrutura (1.100 milhões de dólares), hotéis (500 milhões), Investimento Mineiro (250 milhões), Silvicultura (250 milhões), Agrícola (250 milhões), Saúde (400 milhões) e ainda um fundo denominado Investimentos Mezzanine (250 milhões) “para explorar oportunidades de formação de capital estruturado na região subsariana".

O Fundo Soberano de Angola, segundo os documentos divulgados, apoiou “projectos de desenvolvimento social” no valor de 22 milhões dólares

A sua Opinião

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG