Links de Acesso

Fundo Soberano de Angola apoia escolas

  • Fernando Caetano

Escolas católicas de Luanda paralisam aulas

Escolas católicas de Luanda paralisam aulas

Programa "Meu Amigo" visa centros em zonas desprovidas

Um centro infantil no interior do Kwanza Sul acaba de beneficiar de um programa de apoio a escolas do Fundo Soberano de Angola.

O fundo foi criado para investir milhares de milhões de dólares de lucros do petróleo, mas está também envolvido neste programa que não visa o lucro.

Situado na localidade de Kitila há 16 quilómetros da vila e Calulo no Libolo, o Centro Infantil Don Bosco beneficiou no fim-de-semana passado da oferta de bens diversos pelo Fundo Soberano.

Vocacionado em amparar crianças desfavorecidas, o centro Don Bosco em Kitila alberga mais de duas centenas de crianças de ambos os sexos, onde além de aprenderem ler e escrever, são submetidas também à aprendizagem de artes e ofícios, música e muito mais.

Como padrinho do estabelecimento o Fundo Soberano tem apoiado o centro com diversos programas desde a formação de professores até aquisição dos computadores .

O projecto de apoio com o nome de “Kamba Dyami” que traduzido em português significa “Meu Amigo”, é uma iniciativa que se destina as escolas localizadas em zonas mais desprovidas do país.

O projecto Kamba Dyami foi lançado em finais de 2013, actualmente já foram adquiridos mais de 1600 computadores, beneficiando a cinco mil crianças

José Luís, docente da Don Bosco, disse que o acesso a computadores beneficia o ensino.

"Muitas crianças tinham debilidades de entender aquilo que o professor passava no quadro, mas a partir de agora manuseando o próprio computador, brincando, vai aprendendo mais", explicou.

O programa está também activo nas províncias de Benguela e Luanda.

O Kamba Dyami conta com a parceria da Internet Technologys Angola, o que vai permitir o fácil acesso à internet.

XS
SM
MD
LG