Links de Acesso

Fred deixa cerca de 60 famílias desalojadas em Cabo Verde

  • Redacção VOA

Furacão Fred: efeito na ilha do Sal, Cabo Verde

Furacão Fred: efeito na ilha do Sal, Cabo Verde

PM congratula-se por não haver perdas humanos e promete mobilizar recursos para a recuperação.

O furacão de categoria 1 Fred que passou nesta segunda-feira, 31 de Agosto, por Cabo Verde deixou de 50 a 60 famílias desalojadas e vários prejuízos materiais, a nível de casas, estradas e aeroportos que ainda não foram contabilizados.

A informação foi avançada pelo primeiro-ministro cabo-verdiano nesta terça-feira, 1, em conferência de imprensa, depois de uma reunião interministerial que procurou fazer uma primeira avaliação dos estragos provocados por Fred que deixou o arquipélago nesta manhã com a categoria de depressão tropical.

Furacão Fred, Boavista, Cabo Verde

Furacão Fred, Boavista, Cabo Verde

"Das famílias que estão em escolas, porque as suas casas são mais precárias, algumas regressarão às suas casas que não foram danificadas e as situações mais críticas terão respostas imediatas do Governo para apoiar no arrendamento de uma casa ou na reabilitação das suas casas", afirmou José Maria Neves.

As ilhas da Boavista e Sal foram as mais afectadas, com danos registados nos seus aeroportos, mas há danos em vários outros locais do arquipélago.

Neves citou ainda a destruição do Pontão, o tradicional cais na mais famosa praia do país, Santa Maria, além de danos em estradas, casas, cortes de energia de comunicações.

"Felizmente não há perdas humanas, apenas estragos materiais", disse José Maria Neves, que elogiou a resposta da Protecção Civil e demais estruturas do Governo e a nível dos municípios.

No imediato, o primeiro-ministro indicou estarem em curso trabalhos para repor a acessibilidade de todas as praias, particularmente nas ilhas turísticas, e anunciou que o Governo está a mobilizar recursos para repor a normalidade no país.

XS
SM
MD
LG