Links de Acesso

François Hollande diz que a ameaça terrorista é muito alta na França


Francois Hollande

Francois Hollande

O presidente francês, François Hollande, disse que no seu país a ameaça terrorista é muito alta, após o assassinato de um comandante da polícia por um suspeito militante islâmico.

Um agressor de 25 anos esfaqueou, ontem, repetidamente o comandante de 42 anos no estômago, em Magnanville, 60 quilómetros de Paris. O parceiro do polícia foi encontrado morto dentro da casa onde ocorreu o crime.

A Reuters noticiou que o autor do crime fora preso em 2013 por ajudar militantes islâmicos a irem ao Paquistão e era seguido pela segurança.

O governo francês disse que o crime reivindicado pelo grupo Estado Islâmico foi um “acto odioso de terrorismo”.

O agressor, que a polícia e fontes da Justiça identificaram como Larossi Abballa, foi morto a tiros por membros da unidade de elite da polícia após uma tentativa sem sucesso de negociação.

XS
SM
MD
LG