Links de Acesso

França convoca embaixador dos EUA por espionagem "inaceitável"


Presidente francês Francois Hollande (esq.) Barack Obama, Presidente americano (atrás)

Presidente francês Francois Hollande (esq.) Barack Obama, Presidente americano (atrás)

O Governo da França convocou nesta Quarta-feira, 24, o embaixador dos Estados Unidos para explicar as denúncias de espionagem norte-americana sobre autoridades francesas, que foram classificadas pelo presidente francês, François Hollande, como "inaceitáveis".

Hollande realizou uma reunião de emergência com ministros e comandantes militares após revelações feitas pelo site WikiLeaks, segundo o qual a Agência de Segurança Nacional dos EUA (NSA) teria espionado os três últimos presidentes da França.

"A França não vai tolerar acções que ameacem a sua segurança e a protecção dos seus interesses", lê-se um comunicado do gabinete presidencial francês, acrescentando que esta não é a primeira vez que surgem denúncias sobre espionagem dos EUA contra interesses da França.

O Ministério de Relações Exteriores da França convocou o embaixador dos EUA para discutir o tema, disse uma fonte diplomática francesa.

XS
SM
MD
LG