Links de Acesso

Criar condições para o ensino em Angola

  • Agostinho Gayeta

Educação Uma das Maiores Preocupações

Educação Uma das Maiores Preocupações

Académicos entendem que a aposta na formação sólida de professores e a criação de melhores condições de ensino deve ser encarado como uma estratégia de soberania.

Nelson Pestana Bonavena Investigador e Coordenador do Centro de Estudos e Investigação Científica da Universidade Católica de Angola diz que os perfis curriculares das escolas do país estão longe das exigências do actual mundo moderno e das necessidades da sociedade angolana.


O académico admitiu que resultante da má formação dos quadros, Angola está na eminência de padecer de problemas de frustração social conjunta.

Bonavena fala por outro lado em falta de exigência de rigor na formação dos quadros, principalmente dos docentes. Neste aspecto, o académico julga que o governo tem pecado por não traçar políticas consistentes e deliberadas que apostem seriamente na formação de formadores a todos os níveis.

Com o alcance da paz em 2002 Angola abriu as suas portas para o investimento estrangeiro e nacional. Com os investimentos surgem as novas propostas do actual mundo moderno. Na opinião de analistas esta realidade vai exigir do país mais quadros qualificados com perfil técnico profissional que consiga dar resposta às necessidades de desenvolvimento.

A resposta eficiente aos problemas de Angola é uma necessidade premente, mas isto, na opinião de Eduardo Peres Alberto, Secretário geral do Sindicato do Professores do Ensino Superior, passa pela valorização do ensino a partir da base e não do Ensino universitário.

O Investigador e Coordenador do CEIC_Centro de Estudos e Investigação Científica da Universidade Católica de Angola critica o surgimento exponencial de instituições de ensino superior sem o aumento da oferta de instituições que garantam a formação de base.

Ainda em relação a base Celso Malavoloneke Jornalista e docente universitário chama atenção para o baixo orçamento cabimentado para o sector da educação em Angola atendendo às suas enormes necessidades.

O Analista questiona a atenção dedicada ao sistema de Ensino Universitário sem a consolidação da base que compreende o ensino primário e secundário.nal e das exigências do desenvolvimento do país passa também pelo aumento da fatia de verbas destinadas a educação no Orçamento Geral do Estado. Nelson Pestana Bonavena defende uma reorganização e descentralização na gestão das quantias destinadas ao sector.

Nelson Pestana Bonavena chama atenção para o problema de reprodução do subdesenvolvimento nas escolas que se reflecte na qualidade do desenvolvimento do país.
XS
SM
MD
LG