Links de Acesso

Foi libertado o porta-voz da Renamo, António Muchanga


Moçambique, António Muchanga, Porta-voz da Renamo

Moçambique, António Muchanga, Porta-voz da Renamo

A sua advogada afirma que a "detenção era ilegal"

Alice Mabote, a advogada do porta-voz do dirigente da Renamo, disse que Muchanga foi libertdao porque a sua detenção era ilegal e não existia mandato de captura.

António Muchanga tinha sido detido na manhã de terça-feira quando se encontrava numa bomba de gasolina e fora acusado de liderar uma manifestação ilegal no sabado e de incitar à violencia.

A detenção de Muchanga indignou membros do seu partido que se dirigiram à esquadra do Porto de Maputo para recolherem mais informação o que levou a policia a reforçar a segurança no local.

Para além de António Muchanga, também outro membro da RENAMO estivera detido por alegado incitamento à violência. Tratou-se de Jerónimo Malagueta, director do Departamento de Informação da Renamo, que esteve detido na Cadeia Central da Machava cerca de oito meses.

Malagueta foi detido dias depois de anunciar, em conferência de imprensa, que membros armados da Renamo iriam impedir a circulação de pessoas e bens na Estrada Nacional Número Um bem como de comboios nas linhas de Sena e Marromeu, como forma de não permitir movimentos das Forças de Defesa e Segurança e seu equipamento em direcção a Satundjira, onde na altura residia o seu líder, Afonso Dhlakama.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG