Links de Acesso

FNLA procura formas de resolver o conflito interno

  • Manuel José

Lucas Ngonda

Lucas Ngonda

Fórum Reconciliação da FNLAé integrado por vários militantes do partido e tomou a decisão de resolver o conflito interno.

Mais uma proposta de solução para o fim do conflito no seio do partido histórico angolano Frente Nacional de Libertação de Angola (FNLA).

Desta feita, a iniciativa parte da base para o topo, um grupo de militantes reuniu-se num fórum e decidiu por uma nova forma de resolver o problema que passa por ultrapassar as pessoas e ver o interesse objectivo da FNLA.

O fórum denominado de Reconciliação da FNLAé integrado por vários militantes do partido, de onde se ressalta a presença de um dos filhos do presidente fundador da FNLA, Álvaro Holden Roberto.

O que este grupo de militantes pretende é abandonar o modelo de discussão dos problemas da FNLA a partir da perspectiva pessoal e centrar-se em questões objectivas do partido, diz Carlitos Roberto, um dos filhos do mais velho Holden Roberto.

"Temos que instalar no partido um novo pensamento político para ultrapassar as pessoas, o conflito inicialmente era objectivo mais tarde tornou-se pessoal, 'é isto que não queremos mais, vamos ultrapassar as pessoas seja o irmão Ngola Kabango, seja o irmão Lucas Ngonda, que, por enquanto, é o presidente legal do partido mas só até à realização do Congresso em Janeiro", explica Roberto.

O fórum estabeleceu limites temporais para que se resolvam os problemas: Até o dia 2 do próximo mês os líderes das duas alas devem organizar os seus representantes rumo ao Congresso.

O grupo de militantes quer que antes de Janeiro de 2015 todos estejam preparados para um único conclave da FNLA.

XS
SM
MD
LG