Links de Acesso

FMI vai conceder novo crédito a São Tomé e Príncipe

  • Óscar Medeiros

Banco Central de São Tomé e Príncipe

Banco Central de São Tomé e Príncipe

Cerca de 6.5 milhões de dólares vão reforçar as reservas do Banco Central.

Após 15 dias de negociações com a equipa técnica do Ministério das Finanças e Administração Pública de São Tomé e Príncipe, a missão do Fundo Monetário Internacional(FMI) decidiu apoiar o novo programa de facilidade de crédito proposto pelo Governo são-tomense para o triénio 2015-2018 com o montante de 6.5 milhões de dólares americanos.

O chefe da delegação do FMI Max Well Opoku-Afari anunciou que esta proposta de apoio a São Tomé e Príncipe será submetida ao Conselho de Administração do Fundo para aprovação em Julho próximo.

Os cerca de 6.5 milhões de dólares a serem disponibilizados pelo FMI vão servir para reforçar as reservas do Banco Central de São Tomé e Príncipe e, ao mesmo tempo, permitirão o aumento da confiança dos doadores internacionais na mesa redonda agendada para Setembro deste ano no país.

O FMI apoia a política do Governo no que toca à promoção do crescimento económico, mas deixa trabalhos de casa. Se quiser continuar a merecer a confiança do FMI e dos outros doadores internacionais, o Executivo vai ter que implementar um conjunto de reformas que permitam reduzir o alto nível de endividamento do país entre elas a captação de mais receitas internas.

XS
SM
MD
LG