Links de Acesso

Fitch desce "rating" de Moçambique

  • Redacção VOA

Metical, moeda de Moçambique

Metical, moeda de Moçambique

Agência considera risco de incumprimentos das obrigações.

A agência de notação financeira Fitch desceu a classificação de Moçambique para o nível para CC, ou seja de “não investimento” ou “lixo”.

Esta descida decorre do não pagamento de uma prestação de 178 milhões de dólares, cujo prazo terminou nesta segunda-feira, 23, o que, de acordo com a nota enviada pelos especialistas da agência aos investidores, indicia uma “incerteza sobre a capacidade da Mozambique Asset Management (MAM) servir a dívida", bem como sobre o facto de o Governo intervir ou não para honrar as suas obrigações”.

Os especialistas apontam ainda que o custo da dívida incluindo os empréstimos escondidos “quase duplicou” e, apesar de reconhecerem que o Governo pode usar as reservas para pagar a amortização do empréstimo da MAM, tal facto “colocaria as reservas sob enorme pressão”.

Para a Fitch, uma saída podia ser o recurso a empréstimos bilaterais, o que, reconhece, colocaria “mais riscos sobre a sustentabilidade da dívida”.

“Nesse caso, degradaríamos o ‘rating’ soberano de Moçambique para RD”, dizem os especialistas, o que indica que um emissor falhou um pagamento mas não está em falência financeira.

O Governo de Moçambique enfrenta uma grave crise financeira e de credibilidade no mercado internacional desde que em Abril foram descobertas dívidas secretas no valor de aproximadamente 1,4 mil milhões de dólares.

Como consequência desse facto, o Fundo Monetário Internacional, o Banco Mundial, o G-14, grupo dos países que financiam o Orçamento do Estado, e o Reino Unido suspenderam a ajuda a Moçambique, enquanto os Estados Unidos anunciaram estar a rever a sua cooperação com Maputo.

XS
SM
MD
LG