Links de Acesso

Fiscais atacados em Luanda

  • Redacção VOA

Sétima Avenida, Cazenga, Luanda

Sétima Avenida, Cazenga, Luanda

Sete estrangeiros foram detidos.

Sete cidadãos de países da África Ocidental foram detidos pela polícia no município do Cazenga nesta terça-feira, 19, acusados de terem agredido sete fiscais do município.

O administrador do Cazenga disse que os fiscais foram atacados pela população com enxadas, catanas, paus e ferros, mas que a acção teria sido liderada pelos estrangeiros, do "Oeste do continente", cujos países de origem não citou.

"Eles iniciaram a agressão à nossa fiscalização e ficámos com sete feridos na totalidade, quatro deles feridos graves e outros feridos ligeiros", revelou Vítor Narciso, indicando que os sete estrangeiros são donos de armazéns.

"Orientei que se encerrassem os armazéns, que se identificassem as pessoas que iniciaram a agressão aos nossos fiscais e que se desse uma punição severa às pessoas que estão detidas, onde eles devem de facto responder na justiça pelos actos por eles praticados", completou Narciso, sem explicar se os fiscais estavam identificados ou não.

Situações do género têm acontecido com alguma regularidade em Angola, em parte por os fiscais não terem identificação, o que leva as pessoas a pensarem que sejam assaltantes.

O novo governador de Luanda Higino Carneiro anunciou recentemente a futura criação de uma Polícia Municipal que garanta as fiscalizações nas ruas e nos negócios.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG