Links de Acesso

Filho de Teodore Obiang quer comprar banco em Cabo Verde

  • Redacção VOA

Teodorin Nguema Obiang Mangue

Teodorin Nguema Obiang Mangue

Theodorin Nguema Obiang Mangue fez proposta por 51 por cento do BNC detidos pelo Banif de Portugal.

O filho do Presidente da Guiné Equatorial, Theodore Obiang, ofereceu 6 milhões de dólares pelos 51 por cento que o banco português Banif detém no Banco Cabo-verdiano de Negócios (BCN).

O negócio está a ser feito directamente com o Estado português, actual dono do Banif, e decorre no Banco de Portugal, de acordo com informações reveladas pelo site português por assinatura Confidencial 2.0, especializado em informações económicos.

Além de Theodorin Obiang Mangue, já formalizaram o seu interesse no banco cabo-verdiano a seguradora cabo-verdiana de capital maioritariamente português Ímpar e um investidor britânico da TRG, empresa responsável pela construção dos hotéis Hilton na Praia

Ambos terão oferecido 3,5 milhões de dólares, revelou nesta quarta-feira, 25, osite cabo-verdiano Oceanpress.

Entretanto, caso o Banco de Portugal aceitar a proposta de Theodorin Obiang Mangue, o Banco de Cabo Verde terá de aceitar a idoneidade do filho do Presidente da Guiné Equatorial.

Vice-presidente do seu país, governado pelo pai com mãos de ferro há 37 anos, Obiang Mangue é acusado em vários países de lavagem de dinheiro, desvios de fundos públicos e corrupção.

Nos Estados Unidos, 700 milhões de dólares da sua conta foram congelados e vários outros bens perdidos a favor do Estado e na França tem uma mandado de captura com ele.

XS
SM
MD
LG