Links de Acesso

Festival "Zuá" vai juntar músicos de várias gerações


Festival “Zuá” vai juntar músicos de várias gerações, foi revelado em Luanda

Durante uma conferência de imprensa da Direcção da III Trienal de Luanda, Gernando Alvim disse que o festival vai juntar cantores, compositores, intérpretes e bandas musicais de diferentes gerações.

O Festival “Zuá” é um projecto de periodicidade anual que pretende valorizar a Música Popular Angolana, a Massemba e a generalidade das vertentes da música tradicional.

Angola Palácio de Ferro Luanda

Angola Palácio de Ferro Luanda

A Direcção da III Trienal de Luanda, projecto cultural da Fundação Sindika Dokolo que decorre sob o lema “Da utopia à realidade”, reuniu a comunicação social em conferência de imprensa realizada no Palácio de Ferro, no dia 12 de Agosto, ocasião em que foram enunciados novos projectos, e apresentado o balanço da acção desenvolvida ao longo de nove meses de produção cultural.

Marita Silva, a primeira oradora, apresentou a história das principais acções da Fundação Sindika Dokolo desde a I Trienal de Luanda que decorreu de 2005 a 2007, sob o signo “Arte, Cultura, História e Política Contemporânea”, da II Trienal de Luanda, que aconteceu de 2007 a 2010, cujo lema foi “Geografias emocionais, artes e afectos” e a III Trienal de Luanda que ainda decorre sob o lema “Da utopia à realidade”, e “Da escravatura ao fim do apartheid”, projecto de grande magnitude cultural que teve o seu início no dia 1 de Novembro de 2015 e vai até 30 de Novembro de 2016.

Por sua vez João Vigário, responsável pela produção executiva, fez o balanço de 269 dias de acção cultural, perfazendo 40 semanas de um total de 856 eventos realizados e de 1.127 artistas convidados, no período de 1 de Novembro a 31 de Julho de 2016, com um público de 47.484 pessoas.

A III Trienal de Luanda, que arrancou no dia 1 de Novembro de 2015, e vai até 30 de Novembro de 2016, está dividida em artes visuais, com exposições de arte clássica e contemporânea, comunicação que prevê a edição de jornais, revistas, catálogos, edições e reedições de títulos bibliográficos fundamentais para a compreensão da história literária e cultural angolana, programas de rádio e televisão, fóruns, que inclui um extenso ciclo de conferências, sessões de teatro, concertos, e programas de educação, que prevêem visitas de estudantes de diferentes níveis de ensino, nos espaços da III Trienal de Luanda.

XS
SM
MD
LG