Links de Acesso

Festival de Jazz em Luanda

  • Pedro Dias

Organizadores defendem preços cobrados considerados demasiado altos por muitos

Os organizadores do recente festival de Jazz em Luanda defenderam os preços cobrados afirmando que eles eram necessários para garantir um festival “serio e de qualidade”.

Uma porta voz disse que enquanto não houver mais apoios “vamos ter que estar a mexer na questão dos preços”.

Contudo disse que os organizadores querem tornar o festival acessível a todos.

“se tivermos mais patrocínios os preços baixam”, disse

A primeira edição do Festival Internacional de Jazz, denominado "Jazzing", aconteceu no passado dia 24 de Setembro, na Baía de Luanda.

"Jazz à Beira-mar", reuniu numa noite vozes ligadas ao estilo como a cantora norte-americana Dianne Reeves, a nigeriana Nneka, que detém um repertório musical recheado, com letras que retratam amor maternal, questões sociais e busca por justiça, tornando-a numa das vozes mais poderosas do continente.

O "Jazzing" contou também com a participação do cantor angolano Serpião Tomás, ou simplesmente Totó. Com um vasto domínio da guitarra, composições e músicas que são autênticas referencias no país e não só.

O evento foi organizado pela "Showbiz", empresa angolana do ramo de eventos e espectáculos, com foco na cultura de outros países e interacção com a cultura local.

O "Jazzing" será um evento bianual, e a segunda edição está marcada para o dia 29 de Outubro próximo.

De lembrar que a Showbiz é a empresa organizadora do festival Sons do Atlântico.

XS
SM
MD
LG