Links de Acesso

Fernando Heitor não quer integrar lista da UNITA ao Parlamento

  • Manuel José
  • Redacção VOA

Fernando Heitor

Fernando Heitor

Em carta o actual deputado alega "razões pessoais"

O economista e deputado da UNITA Fernando Heitor escreveu uma carta à direcção do partido a manifestar a sua indisponibilidade para constar da lista de candidatos a deputados à Assembleia Nacional nas eleições previstas para Agosto.

A informação foi avançada à VOA por uma fonte bem colocada do partido do "galo negro".

A mesma fonte aponta "razões pessoais" para Heitor não querer integrar a lista do partido, mas não deu mais detalhes.

A direcção da UNITA não confirmou nem desmentiu a recepção da carta.

Saída da direcção

Em Janeiro de 2016, o histórico da UNITA e actual vice-presidente da quarta comissão da Assembleia Nacional, pediu a sua saída da direcção do partido, alegadamente devido à indicação de Raul Danda para vice-presidente daquela formação política.

Em entrevista à VOA a 28 de Janeiro do mesmo mês, e questionado sobre o facto, Fernando Heitor revelou “nunca ter tido problemas pessoais com Raúl Danda, embora tenha tido alguns desencontros, mas não são eles que determinaram a carta”.

Heitor afirmou ter criticado “os princípios, os critérios que foram utilizados” e garante que "se tivesse sido outra pessoa faria o mesmo”.

Na altura, informações postas a circular em Luanda indicavam que Heitor estava a ser "assediado" pelo MPLA.

Além de reiterar que desde 1975 é militante da UNITA e que não tencionava deixar o partido, o deputado disse ter sido "assediado, desde o tempo de Agostinho Neto”, mas o pior “é aceitar o assédio”.

A sua Opinião

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG