Links de Acesso

Feitiçaria e diamantes são a razão das mortes de mulheres na Lunda

  • Coque Mukuta

Angola Saurimo Archbishop José Manuel Imbamba

Angola Saurimo Archbishop José Manuel Imbamba

Garimpeiros acreditam que orgãos genitais femininos lhes trarão diamantes

Feitiçaria e diamantes são as razões dos assassinatos e mutilações genitais de mulheres na Lunda Norte, disse à Voz da America Dom José Manuel Imbamba-Bispo da Arquidiocese de Saurimo




O bispo disse que mais de 35 mulheres já foram mortas por razões de feitiçaria naquela zona e que ele próprio já havia denunciado o facto há mais de três anos.

“As práticas estão ligadas aos garimpeiros que segundo se diz extraiem esses órgãos genitais para poderem no acto do garimpo encontrarem diamantes,” disse o bispo.

“Em vez de se politizar este facto o melhor seria andar ao encalço dos criminosos,” disse.

“Já vão 36 mulheres mortas nesse sentido,” acrescentou.

Dom José Manuel Imbamba disse que população “conhece” alguns dos responsáveis.

Para ele é uma questão da policia “ trabalhar com a população para os indivíduos que alimentam essas crendices sejam presos e os factos esclarecidos”.

“As mortes estão a suceder-se ano após ano pelo que há um trabalho sério que tem que ser feito,” disse o Bispo

“Há indivíduos que segundo as suas crenças tendo esses órgãos pode-se fazer um trabalho para obter facilmente os diamantes,” acrescentou.

A Voz da América sabe que um cidadão de nome José Kauele foi condenado pelo Tribunal local a 22 anos de prisão efectiva em 2010, alegadamente, por ter sido encontrado em flagrante com órgãos genitais feminino.

Na altura, José Kauele, havia acusado o empresário Carlos Joy Fernando Paixão, mais conhecido por “Joy”, de ter lhe orientado a execução física para compra dos referidos órgãos.

A nossa reportagem ouviu o empresário Carlos Joy Fernando Paixão, que diz conhecer José Kauele, mais nega ter sido o mandante e por isso não terá sido condenado pelo mesmo tribunal após 22 dias detido.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG