Links de Acesso

Familiares vendem esculturas de António Magina

  • Pedro Dias

Dificuldades económicas por detrás da decisão

Familiares do artista angolano António Magina querem vender 14 das suas esculturas.




O irmão Oliveira Magina diz que recebeu autorização da mãe para que vendesse as esculturas no sentido de obterem algum dinheiro para sustento e também para evitar a sua deterioração.

Algumas das peças, disse ele, já estão a partir-se

António Magina morreu em Lisboa – Portugal em Outubro de 2011. Para os familiares do artista, tem sido difícil suportar a perda de quem em vida era considerado como o benfeitor da família.

O irmão do artista.,Oliveira Magina defende que vender as peças foi a melhor saída porque vê-las a partir-se ou deteriorar-se, a dor seria maior.

Oliveira Magina disse que a União dos Artistas Plásticos o tinha aconselhado a vender as peças mais tarde entre 10 ou 15 anos.

Os familiares precisam contudo agora de dinheiro porque as dificuldades financeiras porque passam são enormes.

“Quando olho para peças fico triste mas às vezes vem também uma força maligna para as partir, “ disse

Em Portugal algumas obras de António Magina também estão a ser vendidas por um sobrinho.

Desconhece-se o número exacto de obras deixadas pelo escultor mas sabe-se que algumas estão num atelier em Sintra, Portugal.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG