Links de Acesso

Falta de acesso impede cidadãos de se registaram em Malanje

  • Isaías Soares

Mardanês Agostinho Calunga, secretário provincial da Unita no município do Luquembo

Mardanês Agostinho Calunga, secretário provincial da Unita no município do Luquembo

UNITA fala em milhares de pessoas de fora do processo

Vários cidadãos em idade eleitoral nos municípios do Luquembo e Kambundi-Katembo, na província angolana de Malanje, não tem acesso ao registo devido ao difícil acesso por estradas.

A denúncia foi feita pelo secretário provincial da Unita, Mardanês Agostinho Calunga, nesta segunda-feira, 20, no termo de uma visitapelas comunas de Quimbango e Kapunda, municípios de Luquembo e Kitapa, e comuna de Cambundi-Catembo, na região songo.

“O administrador municipal de Luquembo confirmou-nos que cerca de 12 mil cidadãos em idade eleitoral ainda não se registaram e estamos a ver o período de registo a acabar”, referiu Calunga, lembrando que como a actualização não é presencial, as unidades registadoras recolhem os cartões de identificação eleitoral através das autoridades tradicionais.

O secretário da UNITA, que lançou a pré-campanha eleitoral naquela região, disse ter ficado comovido com “um menino que aparentava ter oito ou nove anos, quando lhe foi dirigida uma pergunta se ele estudava que classe, o menino respondeu: nós aqui somos analfabetos porque não temos nenhuma escola”.

XS
SM
MD
LG