Links de Acesso

Extinta suspeita de escravatura da Biocom

  • VOA Português

Construção da Biocom

A Companhia de Bionergia de Angola (Biocom) e o Ministério Público do Trabalho do Brasil acordaram tomar como extinto definitivamente o processo no qual a empresa era suspeita de prática de escravatura.

A Biocom, empresa com participação da Odebrecht, era acusada de violar os direitos laborais e humanos dos trabalhadores do Brasil no Polo Agroindustrial de Capanga, em Malange.

Tais actos incluíam a retenção de passaportes e deficiente higiene durante a construção da empresa que produz açúcar, etanol e energia.

Uma nota citada pela imprensa dá conta de que o acordo anula todas as acusações.

Há indicações de que a empresa terá pago uma indemnização de 30 milhões de reais que serão usados em campanhas sociais no Brasil.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG