Links de Acesso

Expulsos do Zango em situação dramática

  • Manuel José

Cerca de três mil familias lutam contra a falta de água

Cerca de três mil famílias retiradas há cerca de sete meses da zona do Zango 3, encontram-se numa situação calamitosa no bairro do Kassaka 2, localizado entre o Zango 4 e o Calumbo nos arredores de Luanda.

Depois de promessas de que teriam casas melhores, agora falta de tudo, principalmente de água potável.

Como diz o ditado popular “água é vida” e esses moradores não pedem muito mais do que água potável, uma vez por mês que o camião da administração que passa não é suficiente.

O grito de socorro dos populares é dirigido ao Governo, por via da administração municipal de Viana.

“Conforme o senhor vê aqui não à água”, disse um morador à VOA, enquanto outro prefere mostrar “a extrema carência das pessoas que vivem em casebres, mas o que mais precisam é de água''.

Uma moradora preferiu dizer que “a vivência aqui é ''sentirosa'', com “pessoas de 60, 70 anos que não têm que comer nem beber, sem família, que vivem numa cabana”, e pediu que o “Governo, por favor, tenha piedade deste povo”.

Outro morador resumiu a situação da seguinte forma: “prometeram-nos água mas só trazem uma vez por mês em camiões-cisterna, velem por este povo que sofre aqui a caminho de sete meses, desde que nos meteram aqui, por favor, senhor jornalista, leve isso e entregue aos mais velhos do Governo para eles verem o sofrimento deste povo''.

A sua Opinião

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG