Links de Acesso

Explosão em Tete: Número de mortos aumenta para 60 e decretado luto nacional de três dias

  • André Baptista

Um das vítimas, Moatize, Tete.

Um das vítimas, Moatize, Tete.

Mais de 100 feridos graves. Camião transportava gasolina para o Malawi.

O número de vítimas mortais da explosão de um camião cisterna em Tete aumentou para 60.

O governo decretou luto nacional de três dias.

O dado é da nova actualização fornecida pelo Conselho de Ministros, reunido hoje, 18 de Novembro. Imediatamente após o incidente foram anunciadas 43 mortes e horas depois 73.

Cerca de 100 feridos, mais de trinta em estado grave, foram internados no hospital provincial de Tete.

O camião explodiu em Caphiridzange, distrito de Moatize, em Tete, centro de Moçambique.

As causas da explosão ainda estão por esclarecer.

A VOA soube de um morador que o camião terá tido um acidente, na quarta-feira, 16, e durante o dia de hoje várias pessoas tentavam retirar o combustível para venda.

Uma fonte da polícia disse que "para o local tinha sido indicado um agente para guarnecer" o camião.

Um dos residentes disse que quando a população tomou o camião de assalto, consta que o referido agente disparou para dispersar, o que originou o incêndio.

Mas outro morador acredita que o fogo terá sido causado por um curto-circuito numa motobomba usado para retirar o combustivel.

Por outro lado, há indicações de que o motorista que deveria transportar o combustivel para o Malawi pretendia desviar e fornecer a outro "cliente".

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG