Links de Acesso

Exercicios militares da CPLP começam em Cabo Verde

  • Eugénio Teixeira

Exercício Felino 2016 em Cabo Verde

Exercício Felino 2016 em Cabo Verde

A presença de militares de todos os membros da CPLP contribui para fortalecer as relações entre as forças armadas da lusofonia, disse Armindo Nogueira, de Cabo Verde.

Cabo Verde acolhe durante duas semanas o exercício Felino 2016, evento que reúne militares dos países da comunidade de língua portuguesa (CPLP).

O chefe de estado-maior das forças armadas cabo-verdianas (FA), Major general Anildo Morais destaca a importância da actividade, que tem por finalidade, preparar as tropas da CPLP para missões de apoio à paz e ajuda humanitária.

O Felino 2016 organizado pelas forças armadas cabo-verdianas será no formato na carta denominado CPX, no qual serão delineados pormenores para exercícios no terreno a serem realizados em 2017 no Brasil.

O oficial condutor do felino que arrancou hoje no estádio maior das FA, Tenente-coronel Armindo Acides Garcia Sá Nogueira, disse que a presença de militares de todos os membros da CPLP no exercício da Praia só contribui para fortalecer as relações entre as forças armadas da lusofonia.

Para além de militares cabo-verdianos, Brasil participa com 17; Portugal e Timor Leste, 10 cada; Angola, nove; Guiné Equatorial, sete; Guiné Bissau, cinco; Moçambique e São Tomé e Príncipe, dois militares cada.

XS
SM
MD
LG