Links de Acesso

Ex-presidente Chirac condenado a pena de prisão


O ex-presidente Jacques Chirac,ao centro, deixando a sua residência (Foto de Arquivo, 6 de Setembro de 2011)

O ex-presidente Jacques Chirac,ao centro, deixando a sua residência (Foto de Arquivo, 6 de Setembro de 2011)

Chirac é o primeiro chefe de Estado francês a ser condenado, desde a sentença emitida em 1945, por colaboração com os nazis, contra o marechal Pétain

Um tribunal francês condenou o antigo presidente Jacques Chirac a dois anos de prisão, com pena suspensa pelos crimes de desvio de fundos públicos e abuso da confiança pública.

A sentença diz respeito adecisões tomadas quando Chirac foi presidente da Câmara de Paris, entre 1977 e 1995. O veredicto foi pronunciado com o arguido ausente, por se encontrar doente, tal como aconteceu durante as várias outras audiências do processo que decorreu entre 5 e 23 de Setembro.

Um relatório médico dispensou Chirac de estar presente, dando conta de problemas neurológicos "severos" e "irreversíveis".

O tribunal considerou o ex presidente da França culpado, num processo instruído em Paris, de ter desviar fundos, no início da década de 1990, para pagar ordenados a 21 membros do seu partido com base em empregos que não existiam. O ex-chefe de Estado também foi declarado culpado na segunda parte do processo que inclui sete empregos fictícios e cuja instrução ocorreu em Nanterre, perto de Paris.

Chirac, de 79 anos, é o primeiro chefe de Estado na França (de 1995 a 2007) a ser condenado numa pena criminal, desde a sentença emitida em 1945, por colaboração com os nazis, contra o marechal Philippe Pétain.
Anh Dao Traxel, filha adoptiva de Chirac comentou que a setença proferida pelo tribunal causa profunda dôr ao antigo chefe de Estado. Em declarações aos jornalistas disse Anh Dao Traxel: “Jacques Chirac tem vindo a viver um pesadelo, tem estado á espera há muito tempo. Sinto que a decisão é demasiado forte para ele. Enquanto sua família, temos que o apoiar, tendo em conta o seu estado de saúde, até ao fim dos seus dias”
Uma condenação em pena máxima dos crimes cometidos neste processo, em que Chirac foi julgado a par de outros nove co-arguidos, chegaria aos dez anos de prisão e a 195 mil dólares de multa.

XS
SM
MD
LG