Links de Acesso

EUA: Polícia mata homem desarmado no Arizona


Manifestação em Nova Iorque sob o mote: Vidas Negras têm valor

Manifestação em Nova Iorque sob o mote: Vidas Negras têm valor

Um polícia matou um homem negro desarmado no Estado americano de Arizona, enquanto decorriam vários protestos em Nova Iorque e em outros locais do país contra a morte em condições similares de dois outros afro-americanos. A polícia de Phoenix disse num comunicado que um homem negro de 34 anos, Rumain Brisbon, foi detido sob suspeita de estar a vender drogas.

Segundo o relatório polícia, Brisbon tentou fugir e negou-se a obedecer a várias ordens do polícia de 30 anos, cujo nome não foi revelado, mas que tem sete anos de experiência. A partir de então começou uma luta entre os dois homens enquanto o polícia tentava prendê-lo.

"Durante a luta, Brisbon colocou a sua mão esquerda no bolso e o polícia segurou a mão do suspeito, mandando repetidamente que ele mantivesse a mão no bolso", disse a polícia.

Ainda de acordo com o comunicado, "o polícia não conseguiu manter o controle da mão do suspeito durante a briga. Temendo que Brisbon tivesse uma arma no bolso, o polícia atirou duas vezes, ferindo-o no peito".


Brisbon foi declarado morto no local pouco depois da chegada dos bombeiros e dos reforços policiais.

XS
SM
MD
LG