Links de Acesso

EUA lamentam decisão do presidente do Sudão do Sul de não assinar acordo de paz


Salva Kiir, Presidente do Sudão do Sul

Salva Kiir, Presidente do Sudão do Sul

O Governo dos EUA "lamenta profundamente" que o Governo sul-sudanês tenha decidido não assinar um acordo que contava com o apoio internacional, afirmou o porta-voz do Departamento de Estado, John Kirby.

Ao contrário, Washington comemorou a assinatura do acordo de paz por parte do "dirigente da oposição (e ex-presidente) Riek Machar".

"Apelamos o Governo a assinar o acordo no período de 15 dias que solicitou para consultas. Como o presidente Barack Obama declarou, se não for alcançado um acordo hoje, consideraríamos os meios de aumentar o preço a pagar por esta intransigência", avisou Kirby.

Os rebeldes da guerra civil que devasta o Sudão do Sul desde Dezembro de 2013 não alcançaram um acordo de paz total nesta segunda-feira, 17, em Adis Abeba, visto que o Governo não assinou o documento, apesar de um ultimato lançado pela comunidade internacional, segundo a mediação.

XS
SM
MD
LG