Links de Acesso

EUA lamentam decisão do presidente do Sudão do Sul de não assinar acordo de paz


Salva Kiir, Presidente do Sudão do Sul

O Governo dos EUA "lamenta profundamente" que o Governo sul-sudanês tenha decidido não assinar um acordo que contava com o apoio internacional, afirmou o porta-voz do Departamento de Estado, John Kirby.

Ao contrário, Washington comemorou a assinatura do acordo de paz por parte do "dirigente da oposição (e ex-presidente) Riek Machar".

"Apelamos o Governo a assinar o acordo no período de 15 dias que solicitou para consultas. Como o presidente Barack Obama declarou, se não for alcançado um acordo hoje, consideraríamos os meios de aumentar o preço a pagar por esta intransigência", avisou Kirby.

Os rebeldes da guerra civil que devasta o Sudão do Sul desde Dezembro de 2013 não alcançaram um acordo de paz total nesta segunda-feira, 17, em Adis Abeba, visto que o Governo não assinou o documento, apesar de um ultimato lançado pela comunidade internacional, segundo a mediação.

XS
SM
MD
LG