Links de Acesso

EUA e Angola reforçam cooperação no campo energético

  • Faustino Diogo

David Sandalow, numa cimeira recente sobre energias renováveis

David Sandalow, numa cimeira recente sobre energias renováveis

Washington vai prestar assistência ao mapeamento eólico de Angola e encorajar investimento privado.

Os Estados Unidos da América vão reforçar a cooperação com Angola no sector das energias renováveis.

De acordo com o Secretario Assistente americano para Assuntos Internacionais do Departamento de Energia, David Sandalow, a nova fase de cooperação vai passar pelas energias renováveis onde o governo americano vai ajudar Angola a realizar o mapeamento eólico do país de forma a rentabilizar o potencial existente.

"Vamos (ajudar a) ver as capacidades que existem para se ter acesso a outras fontes de energia", disse Sandalow.

Turbinas eólicas capturam a energia do vento

Turbinas eólicas capturam a energia do vento

David Sandalow que participou, em Luanda, na reunião de diálogo estratégico sobre questões energéticas entre o governo de Angola e os Estados Unidos, referiu que o seu país vai participar no financiamento o sector privado para que este invista em energias mais baratas.

"Um dos assuntos tratados foi o financiamento. nenhuma fonte pode financioar a 100 por cento todos os projectos. Portanto uma das coisas de que falamos foi o envolvimento do sector privado e alargar as fontes de financiamento", declarou o governante americano

David Sandalow deslocou-se, também, a Cabinda durante a sua visita a Angola.

XS
SM
MD
LG