Links de Acesso

EUA dizem que vão reagir aos ataques cibernéticos da Coreia do Norte

  • VOA Português

Porta-voz da Casa Branca considera o caso uma questão nacional. (Veja o vídeo sobre o filme)

A suspensão da estreia do filme "A Entrevista", uma sátira sobre o assassinato de um antigo líder norte-coreano, continua a provocar polémica, depois do FBI, ter acusado hoje, 19, o Governo de Pyongyang de estar por detrás dos ataques cibernéticos que levaram a Sony a tomar a decisão.

A Casa Branca diz que o Presidente Barack Obama considera o ataque cibernético contra a Sony uma questão nacional e uma ameaça à segurança e garante que a resposta dos Estados Unidos será proporcional.

Antes da acusação formal feita pelo FBI, Para o porta-voz da Casa Branca, Josh Earnest, disse e os ataques foram sofisticados.

Josh Earnest

Josh Earnest

"O que está claro, no entanto, é que eles fizeram uma acção com má intenção, e isso é algo que a Administração leva muito a sério. Nós vemos isso como uma questão de segurança nacional. O caso está a ser investigado em conformidade, e terá uma resposta apropriada”, disse Earnest.

O secretário de imprensa não abordou as medidas que podem ser tomadas pelo Governo americano, mas garantiu que serão anunciadas depois das investigações que estão a ser realizadas pelo Ministério da Justiça e pelo FBI.

Earnest disse haver uma gama de opções em estudo, mas que a resposta dos EUA não vai necessariamente ser tão óbvia ou transparente.

Entretanto, o analista cibernético James Lewis, do Centro de Estudos Estratégicos e Internacionais, diz que o ataque à Sony já é uma grande vitória para a Coreia do Norte.

"Os norte-coreanos devem estar a dar pulos de alegria porque a sua intenção era a de bloquear este filme para castigar os Estados Unidos, e eles conseguiram", assegurou Lewis.

A Casa Branca também confirmou que alguns funcionários da Administração viram o filme a pedido da Sony, mas o porta-voz de Barack Obama adiantou que o Governo não esteve envolvido na definição do conteúdo nem na decisão da Sony de cancelar o lançamento da comédia, "A Entrevista", inicialmente previsto para o dia 25 de Dezembro.

Hoje, foram revelados novos emails dos hackers a congratularem-se com a decisão da Sony que, no entanto, está a ser muito criticada.​

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG