Links de Acesso

EUA cortam ajuda ao Uganda por repressão a homossexuais


Pastor ugandês, Martin Ssempa, a liderar procissão contra a homossexualidade, Março 31, 2014.

Pastor ugandês, Martin Ssempa, a liderar procissão contra a homossexualidade, Março 31, 2014.

Os Estados Unidos cancelaram nas últimas horas um exercício militar regional com o Uganda, impuseram restrições de viagens, desviaram fundos de um instituto de saúde para outro país e cortaram o financiamento para um programa da polícia do país africano em resposta a uma lei que impõe penalidades severas a homossexuais no país.

As autoridades americanas disseram que as medidas mais rígidas foram cuidadosamente destinadas aos responsáveis por abusos relacionados à implementação da lei anti-homossexuais e envolvidos em corrupção.

Os funcionários afirmaram que as medidas não terão impacto directo nos programas de combate ao HIV/SIDA e de alimentos que beneficiam os cidadãos ugandeses.
XS
SM
MD
LG