Links de Acesso

Estados Unidos consideram compacto MCC em Cabo Verde um exemplo em África

  • Redacção VOA

MCC logo

MCC logo

Cabo Verde deve ser tomado como exemplo por outros países em África, em termos da implementação do compacto do Millennium Challenge Corporation (MCC), o programa da cooperação dos Estados Unidos com cerca de 22 países.

A afirmação é do diretor do MCC em África, Jason Samall, ao falar com jornalistas na cidade da Praia nesta quinta-feira, 7.

“Quando vemos o que já foi conseguido com este compacto, tomamos Cabo Verde como um exemplo para ser seguido pelos outros compactos na África, porque o mais importante são os benefícios que a população de Cabo Verde tem tirado com a implementação do compacto”, reafirmou Samall, acompanhado da vice-presidente e conselheira para Assuntos Legais do MCC, Sarah E. Fandell.

Sem precisar se Cabo Verde terá um terceiro compacto por parte do Governo americano, Sarah E. Fandell revelou estar muito “contente com o desenvolvimento do projecto”, que, segundo adiantou, chegará a bom termo dentro de 16 meses.

A delegação do MCC deixa o arquipélago nesta sexta-feira, 8, depois de se encontrar com os responsáveis cabo-verdianos.

O programa do segundo compacto de cooperação MCC foi assinado entre os governos de Cabo Verde e dos Estados Unidos em 2012, no âmbito do qual Washington disponibilizou 66.2 milhões de dólares para a execução de projectos que contribuem para o crescimento económico e redução da pobreza.

XS
SM
MD
LG