Links de Acesso

Estados Unidos preocupados com eventual uso de armas químicas pelo Estado Islâmico


Militantes do Estado Isl|amico

Militantes do Estado Isl|amico

Os Estados Unidos estão a investigar se os militantes do Estado Islâmico terão usado armas químicas no ataque, esta semana, contra combatentes curdos no Iraque, tal como foi divulgado pelas autoridades alemãs.

O ministério da defesa da Alemanha, que treina os curdos, disse que cerca de 60 combatentes tiveram lesões, num combate com o Estado Islâmico, na quarta-feira, que se assemelham às provocadas por armas químicas.

O porta-voz do Conselho Nacional de Segurança na Casa Branca, Alistair Baskey, disse que Washington procura mais informação sobre o ataque. “Continuamos a tomar essas e todas alegações sobre o uso de armas químicas com seriedade,” disse.

XS
SM
MD
LG