Links de Acesso

Estados Unidos consideram constitucional a impugnação de Dilma Rousseff

  • Redacção VOA

John Kriby, porta-voz do Departamento de Estado americano

John Kriby, porta-voz do Departamento de Estado americano

Porta-voz do Departamento de Estado americano garante continuidade da colaboração entre os dois países.

O Governo dos Estados Unidos considera que o processo de impugnação da ex-Presidente brasileira Dilma Rousseff foi constitucional e que respeita a decisão "dos brasileiros".

"As instituições democráticas brasileiras agiram dentro de seu ordenamento constitucional. Foi uma decisão feita pelos brasileiros e obviamente respeitamos isso. Estamos confiantes de que continuaremos as fortes relações bilaterais entre os dois países como as duas maiores democracias e economias do hemisfério", disse em comunicado enviado à imprensa o porta-voz do Departamento de Estado.

John Kirby afirma estar confiante de que a "forte relação bilateral" entre Washington e o Brasil vai prosseguir após a impugnação da Presidente Dilma Rousseff".

"Os EUA cooperam com o Brasil para resolver questões de mútuo interesse entre as partes e os desafios globais mais prementes. Planeamos continuar com essa colaboração essencial", concluiu o porta-voz do Departamento de Estado americano.

XS
SM
MD
LG